O Senar-RS atende aos municípios do Rio Grande do Sul por meio dos sindicatos rurais e de sindicatos dos trabalhadores rurais conveniados. Pela parceria com a Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul – Farsul – e com a Federação dos Trabalhadores na Agricultura – Fetag – o Senar-RS ampliou o número de conveniados para 137 Sindicatos Rurais e 25 Sindicatos de Trabalhadores Rurais. Estes, junto com outras entidades municipais solicitantes, atuam como mobilizadores das ações de formação profissional rural e atividades de promoção social do Senar-RS nos municípios. Por meio deles, foram atendidos 433 municípios, o que corresponde a 87,29% do Estado.

O total de parceiros que desenvolveram ações e atividades em conjunto com o Senar-RS em 2007 foi de 1.570 entidades, instituições e empresas locais, ou vinculadas a programas especiais, além dos sindicatos rurais e de trabalhadores.

A ampliação de parceiros concentradores permitiu ao Senar-RS aumentar em 28,37% o número total de parceiros locais/regionais em relação ao ano anterior.




Programa Juntos para Competir - JPC - Ação
Integrada em Agronegócios




O Programa Juntos para Competir teve continuidade sucessiva em 2007. A iniciativa é uma parceria do Senar-RS com a Farsul e o Sebrae-RS, tendo o objetivo de buscar o desenvolvimento de soluções para os segmentos produtivos da bovinocultura de corte, fruticultura, ovinocaprinocultura, suinocultura, cana-de-açúcar, floricultura, apicultura e vitivinicultura.

Cada uma delas tem sua operacionalização baseada em grupos setoriais, estabelecidos nas regiões do Rio Grande do Sul.

Os trabalhos nos grupos setoriais contam com a responsabilidade de um consultor regional do programa, que tem como principal tarefa acompanhar as ações do grupo e auxiliar na execução das mesmas. Além do consultor, participam das ações do comitê representantes do Senar-RS, Sebrae-RS, produtores rurais e demais atores da cadeia interessados.






Atuação do Senar-RS junto aos grupos
de produtores do Programa JPC


Bovinocultura de corte
Foram promovidos 50 treinamentos de Formação Profissional Rural através do programa, beneficiando 698 produtores e trabalhadores, principalmente na região da campanha do Estado, por meio de treinamentos como Desmame e Recria de Bovinos de Corte, Manejo e Melhoramento do Campo Nativo e Manejo Sanitário de Bovinos de Corte.


Ovinocaprinocultura
Desenvolvida nas macrorregiões de Passo Fundo, Pelotas e Uruguaiana. Em 2007, foram realizados 30 treinamentos nos diferentes grupos setoriais.


Suinocultura
O Senar-RS promoveu 1.757 atendimentos, com ênfase nas ações de tecnologia e capacitação, nas macror-regiões de Estrela, Erechim e Santa Rosa. Além de palestras técnicas e seminários, o grupo participou de cursos como Gestão Rural, Educação Ambiental e Treinamentos em Corte de Carne Suína, entre outros.

 



Fruticultura

As regiões Centro e Serra concentraram as ações realizadas pelos treinamentos do Senar-RS em 2007 na cadeia da fruticultura. Aplicação Correta e Segura de Agrotóxicos – NR-31, Tratores Agrícolas, Pulverizador Motorizado e Implantação do Pomar e Tratos Culturais também foram os cursos ministrados. As atividades nesta cadeia demandaram 6.760 atendimentos.


Cana-de-açúcar
O curso profissionalizante Manejo da Cultura da Cana-de-Açúcar respondeu por 50% dos treinamentos de Formação Profissional Rural promovidos aos participantes do programa neste setor em 2007. As ações capacitaram 124 produtores e trabalhadores rurais pertencentes aos grupos trabalhados pelo Programa Juntos para Competir. O segmento atingiu 3.487 atendimentos em todo o Rio Grande do Sul.




 

Floricultura
O setor, que possui grande potencial de desenvolvimento devido às condições climáticas favoráveis para produção de diversas espécies de plantas ornamentais e à crescente demanda no Estado, passa por uma reestruturação dos sistemas de produção, das relações de comercialização, da logística de produtos e da relação com o consumidor. Em 2007, o segmento demandou 14 treinamentos do Senar-RS, capacitando 181 pessoas. Além do público atendido pelos cursos profissionalizantes promovidos pela instituição, foram feitos 5.181 atendimentos.


Vitivinicultura
O segmento demandou, no ano passado, 1.505 atendimentos, com ações de capacitação, tecnologia e mercado. Foram desenvolvidas ações como Rodadas de Negócio, Missão Técnica à Itália e Programa Qualidade do Vinho. A cadeia da vitivinicultura tem abrangência nos municípios de Antônio Prado, Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Flores da Cunha, Garibaldi, Monte Belo do Sul e Veranópolis, na Serra gaúcha.


Apicultura
A cadeia produtiva da apicultura alcançou sua operacionalização em 26 grupos setoriais em várias regiões do Rio Grande do Sul. As ações promovidas pelo Senar-RS em 2007 totalizaram 18 treinamentos de capacitação, tecnologia e de mercado. No mesmo período, foram realizados 4.382 atendimentos.













Programa de Formação Tecnológica
para as Cadeias da Floricultura,
Fruticultura e Ovinocaprinocultura - JPC

O programa tem como objetivo capacitar tecnologicamente os empreendedores envolvidos com o elo da produção das cadeias da Floricultura, Fruticultura e Ovinocaprinocultura do Programa Juntos para Competir, desenvolvido pelo Senar-RS, Farsul e o Sebrae. Entre os meses de julho de 2006 e dezembro de 2007, 689 produtores foram beneficiados pela ação no Estado, com programas de formação prática, seminários de difusão tecnológica e atendimentos diretos, individuais e em grupo, aos produtores do elo da produção das três cadeias.



Parceria Senar-RS/Sicredi


A parceria entre Senar-RS e a Central Sicredi busca conjugar esforços para conscientizar os associados das Cooperativas Sicredi e seus familiares atuantes como trabalhadores ou produtores rurais no que diz respeito à aprendizagem e ao aprimoramento do conhecimento a ser utilizado no meio rural.

Em 2007, foram promovidas reuniões de divulgação institucional junto às cooperativas regionais como forma de divulgação do Senar-RS e das possibilidades de atendimento às demandas específicas das diferentes cooperativas.

Por meio de Programas de Formação Profissional, foram realizados 168 cursos de Formação Profissional Rural e Promoção Social para turmas de produtores e trabalhadores rurais associados ao Sicredi, totalizando 2.520 alunos e carga horária de 4.032 horas/aula.

Os Programas de Formação Profissional do Senar-RS constituem-se em uma ferramenta de base para a continuidade do Projeto de Organização do Quadro Social, desenvolvido pela Central Sicredi-RS com suas cooperativas filiadas.




 

Convênio com o Senac-RS

O Senar-RS possui um convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – Senac-RS – para a realização de treinamentos de informática. Essas ações têm como objetivo complementar o trabalho de Formação Profissional Rural realizado pelo Senar-RS, fornecendo mais um instrumento para a administração e controle das atividades diárias do homem do campo.

Em 2007, o convênio entre as duas entidades foi ampliado com a inclusão de mais dois tipos de cursos oferecidos: Informática Básica - Compacto e MS Excel Avançado. Foram capacitados 183 alunos.




 

Convênio Casas
Familiares Rurais


Junto com a Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag-RS), o Senar-RS desenvolveu o projeto Educando, com o objetivo de capacitar agricultores familiares na pedagogia da alternância. A iniciativa descreve ações de treinamento que são desenvolvidas no interior das Casas Familiares Rurais, capacitando jovens agricultores e suas famílias, valorizando o meio e a cultura, enfocando o cooperativismo.

Neste projeto estiveram envolvidos 27 mobilizadores que acompanharam as turmas de forma permanente, orientando na condução dos trabalhos.

Oito turmas de Formação Profissional Rural, totalizando 50 ações de alternâncias em sete casas familiares rurais. As atividades capacitaram 147 alunos.




 


Convênios de Cooperação Técnico
Financeira - Farsul/Fetag


Este projeto associa a vocação educadora do Senar-RS à capacidade mobilizadora da Farsul e Fetag.

A Farsul, que está organizada em 13 regionais, atende 300 municípios do Rio Grande do Sul, operacionalizando o conjunto de atividades de pesquisa e prospecção, infra-estrutura e identificação de comunidades a receberem tanto ações de Formação Profissional quanto de Promoção Social, oferecidas pelo Senar-RS. O mesmo objetivo tem o convênio de cooperação técnica entre o Senar-RS e a Fetag, entidade que possui uma estrutura sindical formada por mais de 350 sindicatos organizados em 23 regionais.

Em 2007, o convênio com a Farsul proporcionou 438 ações e a capacitação de 15.017 pessoas no Estado. Pelo convênio com a Fetag foram promovidos 919 eventos, a maioria deles com foco na Capacitação de Lideranças, que atuarão como promotores de ações em nível regional. As ações capacitaram 29.358 pessoas.



 










Semeando o Futuro do Campo -
Programa Jovem Aprendiz




Cinco novas turmas do Programa Jovem Aprendiz foram iniciadas em 2007 pelo Senar-RS, em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego, o Ministério Público do Trabalho e com prefeituras municipais. A proposta tem como objetivo preparar jovens entre 14 e 24 anos para o ingresso em empresas ligadas ao setor rural, ou, ainda, para tornarem-se futuros empreendedores do campo.

O programa capacitou 100 jovens, em 5 turmas nos municípios de Vacaria, Caxias do Sul e Mostardas. Foram ministradas 3.423 horas/aula em um total de 428 dias.

No curso de aprendizagem rural, os jovens participam de três etapas: núcleo básico, núcleo específico e prática profissional, durante oito meses, em períodos inversos ao turno escolar, aprendendo sobre temas como saúde, cidadania, gestão rural e informática. Eles ainda freqüentam módulos de formação profissional em áreas relacionadas ao mercado de trabalho local e às atividades das empresas contratantes.

Concluída a capacitação, os participantes exercitaram seus conhecimentos em empresas das regiões contempladas pelo programa, como cotistas, em 27 empresas pertencentes aos municípios de Bento Gonçalves, Bom Jesus, Caxias do Sul, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Mostardas, Muitos Capões, Nova Petrópolis e Vacaria contrataram os jovens como cotistas.




 
















Projeto Senar-RS/Pescar/
Fazenda Ranchinho




Contribuir para a educação e qualificação profissional de adolescentes em situação de vulnerabilidade social no distrito do município de Mostardas, na Zona Sul do Rio Grande do Sul, é o principal objetivo do projeto Pescar/Fazenda Ranchinho/Senar-RS.

Durante oito meses, por meio de ações planejadas e profissionalmente executadas e avaliações sistemáticas, foi proporcionado a estes jovens a integração com o mercado de trabalho através do conhecimento.

O Senar-RS, como parceiro do projeto no ano de 2007, desenvolveu 236 horas-aula de cursos nos moldes de um programa de aprendizagem rural.

Através dessas ações, a instituição contribuiu para a profissionalização, integração na sociedade e melhoria da qualidade de vida de 18 jovens aprendizes, com idade entre 16 e 23 anos. A programação de aprendizagem se iniciou no dia 14 de maio e foi concluída em 11 de dezembro de 2007.

A formação dos jovens aprendizes foi centrada nas áreas de orizicultura e pecuária de grande e médio portes (bovino e ovino), principais atividades econômicas da região. Eles também foram capacitados, por meio de cursos de associativismo, saneamento rural, educação ambiental, informática e aproveitamento integral de alimentos.



 




Projeto Campo Futuro

Capacitar produtores rurais para que possam negociar produtos agrícolas na Bolsa de Mercadorias e Futuros foi a principal finalidade do projeto Campo Futuro, uma parceria do Senar-RS que está sendo desenvolvida com a Farsul, Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, CNA e BM&F.

Além de habilitar os participantes durante 40 horas de treinamento, a proposta prevê a construção de um banco de informações sobre custos de produção e mercado agropecuário de cada região dos Estados, para que estejam disponíveis aos produtores como ferramenta na hora de promover suas operações.

O projeto Campo Futuro também realizará painéis em municípios gaúchos a fim de aprimorar e disseminar os dados para custos de produção das culturas de arroz, milho, soja, pecuária de corte, pecuária de leite e trigo.








Parceria Senar/Emater/Sebrae



Durante a Expointer 2007, o Senar-RS assinou um protocolo de intenções com a Emater, Sebrae-RS e Farsul a fim de conjugar esforços e recursos para o desenvolvimento das famílias rurais gaúchas.

Pelo acordo, o Sebrae coloca à disposição sua rede de 36 unidades de atendimento, capacitações com o objetivo de promover acesso a mercados para empresas rurais. O Senar-RS participa com suporte técnico às atividades, estimulando a articulação de entidades ligadas às cadeias produtivas beneficiadas, além de proporcionar formação profissional rural.

A Farsul incentiva a participação de sindicatos rurais em comitês gestores e promove políticas setoriais para o agronegócio. Já a Emater assumiu o compromisso de disponibilizar sua rede de escritórios e profissionais para apoio técnico às ações, além de oferecer assistência técnica e extensão rural.



 




Projeto Cidadania Rural

Desenvolvido desde 2003 no Rio Grande do Sul pelo Senar-RS, juntamente com a Previdência Social, o Projeto Cidadania Rural ganhou em 2007 a adesão de entidades representantes do sistema cooperativo. Através da "Manifestação de Ações Conjuntas", assinado na Expointer, o Sistema OCERGS\SESCOOP passa a integrar o Projeto, o que trará benefícios a produtores rurais ligados às cooperativas do Estado do Rio Grande do Sul.

Além disso, em 2007 foram realizadas visitas de conscientização em empresas e cooperativas adquirentes de produtos agropecuários em todas as regiões do Estado,com o objetivo de mostrar a importância de seu papel no cumprimento do dever com a cidadania rural.




 

Tecnologia Sigesnet

Para ampliar a comunicação entre os sindicatos conveniados, o Senar-RS deu continuidade em 2007 ao programa de implantação do Sistema de Gestão via Internet (Sigesnet). No Rio Grande do Sul, 52 dos 162 sindicatos rurais e de trabalhadores rurais parceiros do Senar-RS nos municípios já trabalham com o Sigesnet. A meta é atingir a totalidade das entidades conveniadas.

O sistema é uma ferramenta tecnológica desenvolvida pelo Senar-RS que facilita o acesso de colaboradores e parceiros nas operações da instituição. O programa permite o acompanhamento on-line de atividades como programação de cursos solicitados, aprovações, solicitação de instrutores, além de obter o relatório de conclusão dos eventos promovidos pelo Senar-RS.

Em relação aos procedimentos internos, o Sigesnet trouxe benefícios como economia de tempo na operação interna da Administração Regional, maior agilidade nas operações dos sindicatos e no acompanhamento das ações dos mesmos pelo Senar-RS, assim como a redução do uso de papel e um menor custo com telefonemas.








Senar RS
Praça Saint Pastous, 125 - 3º andar - CEP 90050-390 - Porto Alegre RS
Tel. 55 (51) 3215.7500 - Fax. 55 (51) 3215.7502